Como passar na OAB O Exame da Ordem dos Advogados do Brasil

Para os jovens  que estudam ou decidiram  estudar Direito, um novo desafio surge logo após a aprovação no vestibular: como passar na OAB? Essa com certeza
e a perguntas de muitos alunos que começa nessa área.

O Exame da Ordem dos Advogados do Brasil  – OAB  é uma prova aplicada para que o bacharel em Direito possa exercer a advocacia no Brasil.

E isso e  algo que muitas  gente  confundem. Alguns ate  acham que para se formar em Direito é preciso saber como passar na OAB, mas a verdade é que o Exame de Ordem não é obrigatório para você se formar.

Os Bacharéis em Direito também podem exercer diversas atividades profissionais e também até prestar concursos públicos que não exijam inscrição na OAB.

Clique Aqui E Descubra Como Passar na prova Da OAB Focando Apenas em 5 Matéria Clique Aqui Para ver O vídeo Agora <<< 

Porém, como a muitos  dos estudantes de Direito quer exercer a advocacia, quase todos acabam se submetendo ao Exame de Ordem. Ai que vem a pergunta como passar na OAB.

Entendendo como funciona a prova da OAB

Logo  você precisa entender é que a prova da OAB não  é  um concurso, como o vestibular ou os demais concursos públicos.

No Exame de Ordem, “ seu adversário em você mesmo” contra você mesmo. Ou seja, basta obter a pontuação exigida no edital e pronto, você já estará aprovado.

Sabia que  passar na OAB não é algo tão simples, mais não impossível a Ordem dos Advogados aplica as provas  que são realizado (três) vezes por ano em todos os Estados brasileiros., sem regra. Você pode tentar quantas vezes quiser, até ser aprovado.

Clique Aqui E Descubra Como Passar na prova Da OAB Focando Apenas em 5 Matéria Clique Aqui Para ver O vídeo Agora <<< 

Vale lembrar  que você pode tentar o exame antes de se formar, desde que, na data de inscrição, você esteja matriculado nos últimos dois semestres ou no último ano do curso de graduação em Direito.

O Exame de Ordem é aplicado em duas fases:

  1. Prova objetiva
  2. Prova prático-profissional

As duas provas têm caráter obrigatório e eliminatório, mas a prova objetiva pode ser reaproveitada por uma única vez no exame subsequente.

Clique Aqui E Descubra Como Passar na prova Da OAB Focando Apenas em 5 Matéria Clique Aqui Para ver O vídeo Agora <<< 

Quem pode fazer o Exame de ordem OAB ?

Bacharel em Direito que já  tenha concluído o curso de Direito reconhecido pelo MEC ou que esteja pendente de colação de grau; e facultado ao bacharelando matriculado no último ano do curso de graduação em Direito reconhecido pelo MEC.

Estar sediado no âmbito territorial da OAB ou ter domicílio eleitoral no Estado em que prestará o exame, comprovado por meio do número do Título de Eleitor fornecido no ato da inscrição.

 

Se você é for aprovado na prova objetiva, mas não na prático-profissional, terá que fazer apenas a segunda prova no próximo Exame.

Na prova objetiva, com 80 questões de múltipla escolha, são cobradas todas as disciplinas profissionalizantes obrigatórias e integrantes do currículo  mínimo do curso de Direito, também  como Estatuto da Advocacia e da OAB, Regulamento Geral e Código de Ética e Disciplina da OAB.

Essa prova teoricamente a mais fácil você só  precisa acertar metade das questões. Mesmo assim, no ano de 2014, a OAB de São Paulo reprovou nada menos que 83,36% dos candidatos só na primeira fase.

Já a segunda fase é composta por uma peça profissional e outras quatro questões escritas discursivas. Nesta fase, o candidato precisa escolher uma área do conhecimento como:

  • Direito Administrativo
  • Direito Civil
  • Direito Constitucional
  • Direito Empresarial
  • Direito Penal
  • Direito do Trabalho
  • Direito Tributário

A prova da segunda fase te cobrará apenas conhecimentos da área escolhida, incluindo o seu respectivo direito processual. A prova vale de zero a dez e, para ser aprovado, você precisa de no mínimo uma  nota seis.

Clique Aqui E Descubra Como Passar na prova Da OAB Focando Apenas em 5 Matéria Clique Aqui Para ver O vídeo Agora <<< 

vantagens:

  1. Você não concorre contra ninguém, além de você mesmo
  2. Você tem pelo menos dez semestres para estudar

Este e o segundo ponto é o mais importante para se ter em mente, desde que você entra na graduação em Direito. Os textos com recomendações de especialistas falam isso: estude desde o primeiro semestre.

Os alunos que deixam para estudar  somente no último ano da graduação encontram grande dificuldade, afinal os assuntos são extremamente extensos e mudam com o tempo e com isso dificultando ainda mais.

É claro que no começo do curso você ainda não vai saber qual área do Direito será mais do seu agrado, porém como na primeira fase cai tudo, você já pode ir estudando sem medo de perde o seu tempo de estudos.

Clique Aqui E Descubra Como Passar na prova Da OAB Focando Apenas em 5 Matéria Clique Aqui Para ver O vídeo Agora <<< 

 

Baixe Grátis Agora Mesmo o Cronograma  De Estudo Da Prova Da OAB para 2017