Seis Técnicas e dicas para chutar em provas da O.A.B.

Rate this post

Seis Técnicas e dicas para chutar em provas da O.A.B.

Para abrir esse texto, primeiro é necessário deixar clara uma coisa: não se chuta bem em uma prova que não se estudou anteriormente. Feito isso, é preciso entender que ninguém pode saber tudo sobre uma prova, ainda mais em um teste tão complexo quanto a prova da OAB. Muitas vezes os primeiros colocados não contavam apenas com o conhecimento absoluto do conteúdo, mas também com a habilidade de saber “chutar” alternativas corretas, ou seja, deduzir por métodos estatísticos simples as questões que tinham maior probabilidade de estarem corretas.

Essas técnicas podem se mostrar fundamentais e ao serem combinadas com uma disciplina de estudo séria, garantiram um melhor desempenho na prova da OAB. Assim lembre-se do adágio do direito; Fortuna audaces sequitur (A sorte acompanha os audazes) e pratiquemos o risco calculado e seu futuro latim que você aprenderá futuramente.

  1. Aposte no óbvio ou Scientia potentia est (Conhecimento é poder)

Não é necessário seguir a sequência da prova para respondê-la: executar uma visão panorâmica da avaliação, para depois responder primeiro as questões as quais domina bem, é mais sábio. Assim evita-se a máxima “perdi uma questão que sabia”, pois estava cansado demais na hora de respondê-la.

  1. O complexo é para depois ou Acum in meta foeni quaerere (Procurar agulha no palheiro)

Não perca seu tempo resolvendo questões complexas e de texto muito longo, logo no início da prova da OAB. Em verdade o candidato  em média 3 minutos para resolver cada uma das 80 questões. As questões complexas devem ser respondidas por último, no tempo disponível que sobrou após as questões que o candidato domina.

  1. As semelhanças levam a verdade ou Ipsis dixit ( Ele mesmo)

Prestar atenção em palavras que se repetem em diversos ou em todos os itens de uma questão costumam conter a resposta certa. Assim se uma mesma informação se repete ela deve ser fragmento de uma verdade. Elimine as questões que ela não aparece e reexamine as que sobraram.

  1. Longo porque é correto ou Iustitia et misericordia coambulant (A justiça e a misericórdia andam juntas)

A equipe gestora do exame precisa se precaver para que as questões formuladas não sejam anuladas e isso é de maneira especial extraordinário para os itens corretos. De regra esses itens verdadeiros possuem mais detalhes que as outras opções, evitando dúvidas acerca da veracidade e consequente anulação.

 

Clique Aqui E Descubra Como Passar na prova Da OAB Focando Apenas em 5 Matéria Clique Aqui Para ver O vídeo Agora <<< 

  1. Itens parecidos geralmente têm a resposta correta Simila similibus curantur (O igual cura o igual)

Na maioria das vezes o examinador tenta atrapalhar o candidato pondo alternativas semelhadas ou próximas da resposta verdadeira. Assim sendo, as alternativas que são muito parecidas a outras possivelmente conterão a alternativa apropriada.

  1. Elimine o absurdo ou Avis rara (Coisa rara e única)

O candidato que estudou para a prova com esmero, percebe quando algumas das questões são absurdas ou de assuntos que não foram citados no edital, mesmo que não domine plenamente o conteúdo. Assim, quando conteúdos absurdos ou estranhos aparecem nos itens a serem respondidos, provavelmente são incorretos. Elimine estas e atente para as outras.

Baixe Grátis Agora Mesmo o Cronograma  De Estudo Da Prova Da OAB para 2017

Comentários no Facebook